Sobre

O Teatro da Transformação nasceu em 2017, do desejo de trazer Teatro à Cidade de Alcobaça. Florbela Costa e António Coelho apadrinharam este projeto com muito carinho. O Teatro da Transformação foi criado por Diana Bernardes, mas fazem parte dele também outras mulheres da comunidade de Alcobaça que se interessaram por ele e o apoiam imenso. Dirigido para crianças, jovens e adultos acreditamos que o teatro é para TODOS. Em formatos de Workshops, Oficinas Criativas, Projetos, Performances e Espetáculos, ao longo dos anos, tentamos chegar à comunidade como um convite a que cada pessoa relembre, conecte e se surpreenda com o que É. Focados principalmente no praticante, o trabalho é feito de forma suave, divertida e profunda. Com as técnicas da Expressão Dramática, Jogos Teatrais, Escrita Criativa e Improvisações a intenção é que cada um se transforme no que sonha ser. Maioritariamente dirigidos ao trabalho com a Mulher, o Teatro da Transformação é um apoio à Mulher. A Mulher que precisa de quebrar o dia a dia, que precisa de brincar, que precisa de se lembrar de como é não ser mãe nem ser filha, mas ser apenas Ela (com as suas necessidades e vontades).

Diana Bernardes

Desde criança que estar conectada com a minha essência foi automático, muito simples e fácil. Até aos 16 anos fui uma miúda feliz. Depois surgiu a morte na minha vida e vi um mundo novo. Hoje vejo o quão importante isso foi para mim, mas na altura foi um grande desafio perder pessoas que amava. A morte fez-me olhar ainda mais para mim, para os meus sentimentos, pensamentos e ações. Pesquisei muito, viajei, fiz workshops e cursos "fora da caixa" para procurar respostas. Decidi estudar teatro para descobrir mais de mim. Tirei a licenciatura em teatro e muitos outros cursos de interpretação, encenação, criação de projetos, escrita criativa, clown, entre outros. 

O Teatro da Transformação nasceu por acreditar que as pessoas que fazem teatro são pessoas mais felizes e auxiliar essa sensação às pessoas da minha comunidade deixa-me feliz. O teatro foi para mim uma forma de me transformar, de surpreender-me, de descobrir-me e possibilitar isso aos outros é um prazer que me preenche. Ainda hoje consigo surpreender-me com a dificuldade que algumas pessoas têm em assumir os seus gostos seja na forma de vestir ou mesmo na música, na dificuldade de dizer o que pensam, na dificuldade de sentir o que se passa dentro do próprio corpo, entre outras coisas que para mim sempre foram simples. Tenho dificuldade em outras coisas... estas diferenças e semelhanças entre as pessoas são fontes muito ricas de conhecimento. No Teatro da Transformação o foco é o participante. Adapto-me às pessoas consoante elas estão dispostas a dar e a receber. Com a minha bagagem, não só teatral, esta troca entre eu, o teatro e os participantes são uma possibilidade de cura muito subtil, mas bastante clara. Este caminho do Teatro da Transformação preenche-me e transforma-me. Tem sido muito interessante esta caminhada. Criam-se laços intensos e cria-se uma rede muito bonita entre pessoas que são um suporte para todos onde o Amor reina.