Empoderar

03-08-2021

"Poder" significa "poder fazer algo". É possuir a habilidade de "Eu posso", de reconhecer em mim a capacidade de eu fazer as coisas por mim mesma. Socialmente entende-se a palavra Poder como estar em cima dos outros, ter poder sobre os outros com uma conotação negativa, tem mais a ver como controlo. Quando os homens mais velhos começaram a ensinar os mais novos a construir mais ferramentas começaram a vê-los como trabalhadores, guerreiros, escravos, empregados. As pessoas passaram a ser ferramentas com as quais se podia fazer coisas e, por isso, sobre as quais se tinha poder. Assim é nos dias de hoje, estar no Poder não faz ninguém poderoso e muito menos capaz ou sábio, faz alguém que sabe utilizar as pessoas como ferramentas. Alguém que pode usar as pessoas.

Como isto muda? É necessário as pessoas libertarem-se, revolucionarem-se, e lutarem pela liberdade, sabendo que elas podem também. A luta pelo poder é constante se o poder que se procura é o poder do outro. Não é achar que uma pessoa tem o Poder. Se não encontramos o propósito, o nosso verdadeiro poder, a cada revolução irá chegar um novo alguém que ganhará o poder, porque não sabemos o que fazer com ele.

Existem dois tipos de poder, o que nos faz saber o que somos capazes de fazer com o nosso potencial interior e o que nos faz querer utilizar os outros como ferramentas para os nossos próprios fins. São iguais. Não existe uma sociedade sem poder nem sem procura de poder. A sociedade precisa dos dois poderes, mas precisa principalmente de saber o que é o Poder. É a capacidade de realização, de entregar aos outros o sentido de que cada um tem um potencial útil para o todo, cada um é único, e desde essa consciência, constrói-se um poder inigualável, a liberdade criativa em cada um.

Assim, as pessoas deixam de ser utilizadas para se converterem em pessoas que utilizam as suas potencialidades criativas para construir. Isto é o que se chama Empoderamento. Empoderar não é tirar o poder ao outro e ficar com ele. É despertar em mim a capacidade para colaborar com o equilíbrio do outro. Sem a necessidade de ser usado ou usar alguém. O poder real constrói-se quando o Ser mostra aos outros que são capazes de despertar o seu Eu interior. É isto que é liderança. É necessário haver muita consciência disto para que cada um sinta e assuma o poder em si, enquanto isso não acontecer haverá sempre um novo poder, ditadura ou qualquer outro sistema...

Enquanto houver a irresponsabilidade ou incapacidade de despertar do poder pessoal tudo continuará. Todos somos responsáveis... É necessário educar o ser humano a despertar o seu interior. Recordado do que cada um é capaz. A educação que temos dá-nos ferramentas para convertermo-nos em ferramentas. O conhecimento e a sabedoria não se entrega, só se mostra. É o nosso poder interior que nos faz procurar conhecimento e despertar sabedoria.

Temos que sobreviver: comer e dormir. É a principal razão porque existe uma sociedade, mas não uma civilização. Enquanto que a sociedade tem como fatores principais a aglomeração de indivíduos e grupos para que, mediante o intercâmbio, possam sobreviver em harmonia pela maior quantidade de tempo a Civilização tem como principais fatores, o incentivo ao desenvolvimento cultural, intelectual, a formação de uma busca espiritual, filosófica e artística. Só quando se superar as necessidades sociais é que será possível termos uma civilização... e... só solucionaremos o social através do civilizado. Claro, cada um tem o seu próprio conceito do que é civilização. Todo o Ser que tem consciência de si mesmo, capaz de criar e gerar bem-estar comum, é um ser civilizado seja em que parte do mundo for....